Questo sito utilizza cookie di terze parti per inviarti pubblicità in linea con le tue preferenze. Se vuoi saperne di più clicca QUI 
Chiudendo questo banner, scorrendo questa pagina, cliccando su un link o proseguendo la navigazione in altra maniera, acconsenti all'uso dei cookie. OK

O sincretismo religioso no Brasil

Il sincretismo religioso afro-brasiliano affonda le proprie radici in un contesto storico-sociale variegato e ricco di contaminazioni culturali dovute ad un processo di colonizzazione portoghese che ha visto l'asservimento doi popoli di differente provenienza etnica. Il territorio brasiliano rappresenta un "contenitore" nel quale, nel corso dei secoli, si sono riversate correnti e dottrine religiose che hanno dato origine ad un fenomeno caratterizzato da una mistura di elementi cattolici che si sono innestati sui culti indigeni e successivamente africani. Il popolo brasiliano è costituito quindi da una matrice etnico-culturale di diferenti origini: quella india, quella europea e quella africana. Attraverso l'analisi di retaggi storici provenienti dai tre continenti, interessante risulterà capire come si sono evoluti gli schemi linguistici e sociali. In questa prospettiva descriveremo l'avvento dei conquistadores e il ruolo che ebbe la colonizzazione nella formazione culturale del vasto territorio sudamericano.

Mostra/Nascondi contenuto.
3 Introdução O objetivo deste trabalho é realizar a descrição de alguns fenômenos do sincretismo religioso e seu papel na formação do espaço social-cultural brasileiro. O sincrestismo religioso no Brasil nasceu da junção de elementos simbólicos e culturais de origens muito diversas que se originou do amálgama de catolicismo europeu com os diferentes cultos religiosos indígenas e africanos. Na nossa leitura, primeiro indicaremos como se desenvolvem os encontros entre as diversas matrizes culturais que se misturam para constituir o nosso objeto de estudo, isto é, os traços identitários dos cultos do sincretismo no Brasil, Depois indicaremos as características de algumas manifestações religiosas para compreender quais foram as mudanças ou metamorfoses sofridas por estes elementos religiosos nas suas estruturas originárias, por fim suas manisfestações no âmbito histórico, social e cultural, procurando analisar as causas do seu surgimento e como se expandem nas diferentes áreas do território brasileiro e qual traço o fenômeno do sincretismo religioso deixa na cultura brasileira. A palavra «sincretismo» é usado com o significado objetivo, neutro e descritivo, “de mistura de religiões” e com significado subjetivo, que inclui a avaliação de tal mistura. Na antigǘidade, segundo sua etimológia significava “junção de forças opostas face ao inimigo comum”. A partir do século XVIII, tomou caráter negativo, passando a referir-se à reconciliação ilegítima de pontos de vista teológicos opostos, ou heresia contra a verdadeira religião. O sincretismo é um fenômeno manifesto na identidade em formação do Brasil, graças ao seu processo de colonização histórica. A história da colonização do seu território evidencia a presença de povos de procedências diversas. O povo brasileiro foi formado depois, com a contribuição das mais diversas culturas, procedentes do continente africano, que se somaram às numerosas nações indigenas encontradas no seu território e pelo colonizador português. O antropólogo Roberto da Matta 1 afirma que a sociedade brasileira é relacional. 1 MATTA, p 7.

Laurea liv.I

Facoltà: Lingue e Letterature Straniere

Autore: Alessio Todisco Contatta »

Composta da 33 pagine.

 

Questa tesi ha raggiunto 1570 click dal 02/05/2006.

 

Consultata integralmente 4 volte.

Disponibile in PDF, la consultazione è esclusivamente in formato digitale.